‘DESAFIO DA PREVIDÊNCIA É A CURVA DEMOGRÁFICA’, AFIRMA GARIBALDI FILHO, NO PARANÁ

Posted by casciano in Comportamento, Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O ministro Garibaldi Alves Filho inaugurou hoje (12) mais três novas agências da Previdência Social.

Desta vez, o estado beneficiado foi o Paraná, nas cidades de Cambará, Andirá e Mandaguari.

Um exemplo do benefício que as agências vão trazer à população é o caso do aposentado Benedito Inácio Ferraz.

Toda vez que ele precisava de algum serviço previdenciário, tinha de viajar 12 ou 40 quilômetros, para ir até a Jacarezinho ou Bandeirantes (respectivamente).

Agora, com a unidade inaugurada em cambará, Benedito e os demais segurados do município não precisarão mais se deslocar para outras cidades.

“Essa agência da Previdência veio para ficar na prateleira de cima, no último degrau”, comemorou Benedito Ferraz.

O ministro Garibaldi Filho disse que “o grande desafio da Previdência Social não é um desafio dos dias de hoje, mas do futuro, porque vamos ter a inversão da curva demográfica”.

 

“Se hoje temos um país de jovens, em 2.030, por exemplo, poderemos ter um país com mais velhos do que jovens. As mudanças precisam ser feitas porque o modelo que está aí é de repartição, ou seja, esta geração contribui para que outra tenha os benefícios da aposentadoria, e esse modelo precisa ter um equilíbrio atuarial”, ressaltou.

A APS de Cambará beneficiará mais de 20 mil pessoas e custou R$ 991,7 mil.

A unidade de Andirá, que também beneficiará os moradores de Barrado Jacaré e Itambaracá, foi resultado de um investimento de R$ 1,2 milhão.

Ao todo, 30 mil pessoas serão beneficiadas com a agência.

Antes, os segurados do município precisavam se deslocar 18 quilômetros, até acidade de Bandeirantes, para ter acesso aos benefícios da Previdência Social.

Por sua vez, a APS de Mandaguari também será utilizada pelos moradores de Bom Sucesso, Cambira, Jandaia do Sul e Marumbi, uma população estimada em 70 mil pessoas.

Essas pessoas eram atendidas em Apucarana.

Foram alocados R$ 1,1 milhão para a implantação da unidade.

Cada uma dessas novas agências dispõe de duas salas de perícia médica, oito guichês de atendimento e capacidade para atender a 1,2 mil pessoas por mês.

Essas três novas unidades fazem parte do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) e beneficiarão a uma população estimada em 120 mil pessoas.

O investimento total foi de R$ 3,4 milhões.

O Plano de Expansão estabeleceu a construção de 38 novas unidades no Paraná e 720 em todo o país.

Antes da expansão, a rede de atendimento no Paraná era formada por 53 unidades fixas.

Quando o Plano estiver totalmente implantado, o número de APS no estado chegará a 91.

Os municípios paranaenses de Arapoti, Astorga, Campina Grande do Sul, Lapa, Pinhais e Paiçandu já receberam agências do PEX.

Também estão sendo realizadas no Paraná mais 18 obras de recuperação da rede existente.

Para aumentar e recuperar a rede de atendimento no estado, a Previdência Social está investindo R$ 54,8 milhões.

O total de investimentos para a expansão e recuperação da rede em todo o país é de R$ 1,1bilhão.

Foto: Nicolas Gomes/MPS. Texto Everton Dantas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *