2012: VAI ACONTECER O QUE QUEREMOS QUE ACONTEÇA!

Posted by casciano in Comportamento, Pessoas | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Estamos começando mais um Ano Novo.

2012 começa e dá sequência a vida, com tudo o que envolve o ser humano.

É o último ano do calendário Maia, daí as superstições que envolvem mistério e medo de que o mundo, tal e qual conhecemos, venha a se acabar, que chegará ao fim.

Mas, até agora, não há evidências científicas de que isso possa acontecer.

As evidências revelam que o mundo, a terra e a vida na terra, ainda poderão continuar existindo após 2012.

Há a possibilidade, pela evolução do conhecimento e pela velocidade da propagação do conhecimento, que o mundo passe por mudanças climáticas e que os seres humanos passem por mudanças comportamentais.

Nada tão grave, como seria o fim da vida na terra, nem tão simples, que não causem mudanças e profundas transformações para os povos do mundo inteiro.

As previsões científicas de mudanças climáticas tendem a se confirmar e em consequência dessas mudanças, há a possibilidade da ocorrência de terremotos, maremotos, tsunamis, erupções vulcânicas, nuvens de poluição prejudicando a navegabilidade na atmosfera, correntes energéticas atrapalhando as telecomunicações, como se o tempo ao redor do planeta Terra passasse por um período de estresse, momentos de adaptação da terra, dos minerais, do ar, dos elementos químicos, dos vegetais e das águas, às mudanças que são consequência natural do desenvolvimento das sociedades na Terra.

O povo, esse sim, em todos os recantos do planeta, pode vivenciar momentos de estresse, em função das profundas mudanças do meio ambiente, que reduzirá, na mente humana, a tolerância, diminuirá a paciência, criando as condições para a existência de mais conflitos, desentendimentos, atritos, cobranças, castigos, punições, o verdadeiro caos dos sentimentos humanos.

Daí a importância do homem se preparar, por dentro, para enfrentar as intempéries do ambiente externo e suas consequências nas suas ações e atitudes.

Como as pessoas tenderão a estarem á beira do colapso do estado de consciência, com os nervos à flor da pele, susceptíveis a comportamentos intempestivos, indesejáveis, agressivos, grosseiros, rudes e que poderão causar desconforto e mal estar aos outros, é importante se preparar para enfrentar essas situações com boas dosagens das grandes virtudes humanas, como amor, boa-fé, compaixão, coragem, doçura, fidelidade, generosidade, gratidão, humildade, humor, justiça, misericórdia, polidez, prudência, pureza, simplicidade, temperança e tolerância.

É preciso que estejamos, todos, preparados para lidar com o inesperado, mantendo a esperança de uma vida melhor, compreendendo os nossos irmãos e espalhando amor e compreensão.

Só, e somente só, com ações e atitudes baseadas no amor poderemos espalhar os bons sentimentos que são necessários para tornar o meio ambiente agradável, quando não, suportável.

Mudando o ambiente ao redor de cada pessoa, podemos mudar o ambiente do planeta.

Quanto mais avança a ciência, mais próxima ela está dos dogmas de fé da humanidade.

 A ciência está descobrindo, aos poucos, que cada comportamento é uma parte do todo e que por isso, o procedimento individual é muito importante para o que acontece com o planeta, com o mundo.

Se a poluição do planeta avança rapidamente, a poluição dos sentimentos individuais ainda pode ser evitada, dependendo apenas da vontade de cada um.

Todos podem e devem manter a calma e agir com diplomacia para evitar que pequenos desentendimentos se transformem em pequenas catástrofes.

E assim, agindo positivamente em todas as situações da vida e especialmente nas situações de conflitos, a pessoa estará combatendo ideias negativas.

Buscando inspiração no Velho Testamento, um dos mais importantes livros da sabedoria humana, é possível entender que existe um tempo para cada coisa e um…

…”Um Tempo Para Todas as Coisas… Tudo tem a sua ocasião própria, e há um tempo para todo propósito debaixo do céu. Tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de edificar; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de dançar; tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de abster-se de abraçar; tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de jogar fora; tempo de rasgar e tempo de costurar; tempo de ficar calado e tempo de falar; tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz. Que proveito tem o trabalhador daquilo que faz? Tenho visto o trabalho penoso que Deus deu aos filhos dos homens para dele se ocuparem. Ele fez tudo belo em seu tempo; também pôs na mente dos homens a idéia de eternidade, se bem que eles não possam descobrir a obra de Deus do princípio ao fim”.

É o que está escrito em ‘Eclesiastes 3:1-8’.

Agora estamos entrando no tempo do amor, da compreensão, da tolerância, da justiça…

Se há um tempo para cada coisa e um tempo para todas as coisas, é possível, sim, que em 2012, possamos, todos, e cada um individualmente, fazer acontecer aquilo que queremos que aconteça!

Feliz e Próspero 2012!

Faça acontecer o que você quer que aconteça!

É por aí!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *