ACADEMIAS DE SAUDE RECEBEM FISCALIZACAO

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa das Práticas Integrativas e Complementares (PICs), vem supervisionando e monitorando as atividades realizadas nas Academias de Saúde implantadas em ruas e logradouros de 125 municípios do Rio Grande do Norte.

As academias são mantidas e gerenciadas pelos municípios que recebem o repasse do Ministério da Saúde.

A Sesap fiscaliza a implantação e o funcionamento do equipamento público de acordo com os objetivos do programa, que são o combate ao sedentarismo e ao aparecimento de doenças crônicas.

O Programa é uma ótima alternativa para os dias de verão e para melhorar as taxas de sedentarismo, principalmente para quem está entrando ou já entrou na terceira idade.

O projeto começou em Natal em 2007 com os aparelhos montados em praças de vários bairros, depois ingressando pelo interior do Estado.

Segundo a coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares (PICs) da Sesap, Mychelle Kytchia, desde o início, o número de praticantes superou as expectativas, com centenas de pessoas utilizando o serviço diariamente com o acompanhamento de um instrutor físico, um nutricionista, um fisioterapeuta e um médico que participa eventualmente.

“Esta é uma boa oportunidade para a comunidade fazer uma atividade física diária. Notamos mensalmente que o número de adeptos aumenta consideravelmente e vale lembrar que aliado ao esporte e à estética, o trabalho das Academias de Saúde funciona como prevenção, pois os próprios frequentadores alegam que houve diminuição na quantidade de medicamentos que eles utilizavam antes de iniciar a prática”, comentou Mychelle.

Além disso, como o educador físico faz o acompanhamento diário do participante, quando alguém apresenta algum problema de saúde ou alteração cardíaca, é encaminhado para o atendimento do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), onde é avaliado e submetido a tratamento, para só depois retornar às atividades físicas.

Segundo Michelly, as academias têm contribuído, principalmente, para aumentar a expectativa de vida e a autoestima de pessoas da terceira idade, mas também têm recebido jovens que desejam combater o sedentarismo e melhorar a qualidade de vida.

Quem tem interesse de participar das academias deve procurar a Secretaria Municipal de Saúde de sua cidade para se informar do programa e sobre os horários.

Texto: Kelly Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *