AÇÕES DE PREVENÇÃO MARCAM O DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Com o tema “A participação do jovem na luta contra a Aids”, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) realiza uma intensa programação para comemorar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro.

O tema da campanha é uma alusão à importância da atenção da juventude para a responsabilidade de se proteger da doença.

A expectativa da Sesap, segundo a responsável pelo Programa DST/Aids e Hepatites Virais, Sônia Cristina Silva, é conseguir mobilizar o máximo da população para a prevenção e diagnóstico precoce.

A campanha deste ano tem como foco os jovens gays de 15 a 24 anos das classes C, D e E.

A ação buscará discutir as questões relacionadas à vulnerabilidade ao HIV/Aids, na população prioritária, sob o ponto de vista do estigma e do preconceito.

“A ideia é estimular a reflexão sobre a falsa impressão de que a Aids afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos podem ser vulneráveis”, destaca.

Além disso, o Programa reforça o Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (PSE), para promoção da saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens.

Na programação do dia 1º haverá a I Mostra Posithiva com uma exposição de material gráfico e filmes, entre os dias 1º e 8 de dezembro, no Sesc do Centro da cidade.

A partir das 14h, com concentração na Praça Cívica, haverá a 2ª Caminhada do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas com o tema “Jovens caminhando na luta contra a Aids”; a chegada será no Sesc onde também haverá a entrega dos prêmios para o vencedor do concurso de cartazes (lançado em novembro).

A solenidade de abertura do Dia Mundial de Luta Contra a Aids será durante o Carnatal no estande do Programa Estadual DST/AIDS, ao lado do escritório da Caern.

Haverá a apresentação do Coral Vozes da Vida, do Hospital Giselda Trigueiro.

Logo após, iniciam os testes rápidos para diagnóstico do HIV, o “Fique Sabendo”.

O estande permanece durante todo o período do evento.

Na quinta-feira o horário é das 18h às 23h.

Na sexta, sábado e domingo os trabalhos se iniciam às 15h e se encerram às 22h.

Desde o início da epidemia, em 1983, até dezembro de 2010, o estado registrou 3.708 casos de Aids em adultos.

Segundo dados da Sesap, a epidemia é crescente no estado desde o seu início e a tendência é continuar crescendo.

O Rio Grande do Norte encontra-se em 21º lugar em número de casos da doença em adultos.

Quanto à mortalidade, de 2000 a 2010, segundo o Boletim Epidemiológico 2011, foram registrados 697 (69% para homens e 31% para mulheres) casos de óbitos por Aids.

Texto: Kelly Barros.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *