AGENTES DE ENDEMIAS ENFRENTAM PREFEITURA DE NATAL E GREVE CONTINUA

Posted by casciano in Comportamento, Pessoas | Tagged , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Agentes de endemias da Prefeitura de Natal decidiram, em assembleia, continuar o movimento paredista, apesar das ameaças de corte de ponto feitas pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal, SMS-Natal, e manterão a greve por tempo indeterminado.

Os agentes reivindicam o cumprimento de acordos anteriores.

Entre eles, o pagamento do vale refeição, em dinheiro.

Cosmo Mariz, secretário do Sindicato dos Agentes de Endemias do RN, Sindas-RN, declara que “mesmo cientes da possibilidade da prefeitura pedir a ilegalidade e de determinar o corte no ponto, a categoria não se intimidou e deliberou por maioria dos presentes, a manutenção da greve por tempo indeterminado”.

Antes, na mesma assembleia, os agentes ouviram a leitura do Ofício nº 3106/2011 – GS/SMS, enviado pela secretária municipal de Saúde, Maria do Perpétuo Socorro Lima Nogueira.

Lá, afirma a secretária:

“o pagamento da primeira parcela do auxílio alimentação instituído pela Lei nº 6.271, de 01 de julho de 2011, será realizada no máximo juntamente com a folha de pagamento do mês corrente, julho de 2011, quando todas as presenças em campo já estão apuradas”.

O documento da Prefeitura informa também que a Secretaria de Saúde de Natal não concederá abono dos dias paralisados, acrescentando que poderá ocorrer uma compensação com trabalho em horário extraordinário.

O auxílio alimentação reivindicado pelos agentes é de R$ 10 por dia trabalhado.

Também reivindicam fardamento.

E ainda, o pagamento de 1/3 das férias.

Essa situação merece um pouco mais da atenção dos gestores públicos municipais da saúde.

É por aí!…

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *