AGOSTO DA ALEGRIA PRA TREINAR CONTADORES DE ESTÓRIAS

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

A participação da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN, Sesap-RN, no projeto Agosto da Alegria tem continuidade no período de 27 a 28/08 com atividades de oficina de contação de histórias, destinada a educadores, profissionais de saúde e demais interessados em utilizar a contação de histórias como instrumento em sua prática de trabalho e voluntariado.

A oficina será ministrada no Solar João Galvão, na Cidade Alta, pela dentista e responsável pelo Setor de Educação da Vigilância Sanitária da Sesap, Dalva Lúcia, que ao atuar como contadora de histórias assume a personagem Daluzinha Avlis.

Ela explica que a oficina tem como objetivo habilitar seus participantes a ter um novo olhar, dotado de sensibilidade poética, perfil lúdico e humanescência, capaz de possibilitar a transmissão de conhecimentos sobre os mais variados temas ligados à saúde.

Para Daluzinha, essa prática milenar favorece a melhoria na qualidade de vida da população porque além de ser um instrumento comprovadamente educacional é também terapêutico, fazendo bem à saúde.

“Uma criança internada com câncer, por exemplo, ao ouvir uma história, ela se renova, os olhos brilham e consegue por alguns momentos vivenciar o personagem e ser muito feliz. Da mesma forma acontece com os adultos, que precisam não apenas de cuidados médicos, mas também de carinho e de alguém que lhes dê atenção. Por isso, conto história a vida inteira, mas em Natal, faço isso há quase 3 anos. É algo que transcende o ser e me faz viver também o personagem”, revela Daluzinha.

A utilização da contação de histórias em hospitais e unidades de saúde é uma prática comum em estados mais desenvolvidos, como na região Sudeste do país. No Nordeste, é uma área ainda pouco explorada e por isso há carência de profissionais na rede de saúde que tenham disponibilidade.

Atualmente, Daluzinha consegue trabalhar na Vigilância Sanitária e é uma figura presente em praticamente todas as solenidades da área de saúde, além de ir às salas de aulas e bibliotecas fazer contação para os alunos e repassar a técnica para professores do ensino infantil e fundamental.

Dentro da programação cultural do Agosto da Alegria, a Sesap realiza a Oficina de Atualização em Teatro de Rua, no período de 22 a 26 de agosto, além de uma Mesa Redonda sobre Experiências em Práticas Populares de Saúde e outra sobre Práticas Integrativas e Complementares na Saúde.

De acordo com Rossi Linhares, chefe substituto da Subcoordenadoria de Informação, Educação e Comunicação da Sesap, o objetivo da Secretaria ao participar de eventos dessa natureza, que envolvem dança, cinema e teatro, é promover a saúde dentro de um contexto cultural, fazendo uso de linguagem fácil e acessível ao usuário do sistema de saúde pública.

Texto: Kelly Barros.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *