AGRICULTORES INICIAM MOVIMENTO REIVINDICATÓRIO COM ENVIO DE PAUTA PARA A GOVERNADORA ROSALBA CIARLINI

Posted by casciano in Economia, Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Agricultores fazem caminhada até a governadoria.

Eles reivindicam medidas de convivência com a estiagem e de apoio à produção e comercialização agrícola.

Cerca de dois mil agricultores familiares vindos de 50 municípios do Estado são esperados em Natal para participar, no próximo dia 17, da XIII Jornada de Lutas da Agricultura Familiar, mobilização que tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os problemas enfrentados pelos pequenos produtores rurais.

A concentração do evento, organizado pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar – FETRAF-RN, acontecerá na Central de Comercialização da Agricultura Familiar, localizada na esquina das Avenidas Jaguarari e Mor Gouveia, a partir das 8h.

Nesta segunda-feira (07), será encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini a pauta de reivindicações e a solicitação para a realização de uma audiência com ela no dia na mobilização, para tratar dos pontos dessa pauta.

A maior preocupação dos agricultores é com a convivência com a estiagem.

Para tanto, solicitam o abastecimento imediato de 45 mil caixas d’agua do P1MC – Programa 1 Milhão de Cisternas – Água para Consumo Humano; de 1.040 cisternas calçadão do P1+2 – Programa 1 Terra e 2 Águas – Água para Produção de Segurança Alimentar; de 500 caixas d`água do Programa PAIS – Quintais Produtivos para Segurança Alimentar e Comercialização, além da reestruturação e perfuração de 1.500 novos poços artesianos.

Querem também que sejam criados comitês executivos paritários estaduais e municipais para a convivência com o semiárido, formados por representantes do governo e dos agricultores familiares.

Eles reclamam medidas de apoio à produção e comercialização agrícola, como a retomada dos Programas Compra Direta, do Leite e de Combate à Pobreza Rural, assim como a liberação imediata de recursos para a regularização do funcionamento de todos os escritórios locais e regionais da EMATER e ampliação do IDIARN.

Querem também garantir a inauguração e funcionamento da Central de Comercialização da Agricultura Familiar.

Os agricultores vão sair em caminhada de lá até o Centro Administrativo, onde pretendem que uma comissão deles seja recebida pela governadora.

A FETRAF-RN está presente em 50 municípios do Rio Grande do norte e conta com 190 mil agricultores associados aos sindicatos de base da Federação.

A XIII Jornada de Lutas da Agricultura Familiar, que acontece em Natal no dia 17, é o fechamento de uma série de eventos semelhantes realizados nesses 50 municípios, desde o início do ano.

Com Ângela Bezerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *