AGRIPINO: CORTAR GASTOS É A MELHOR MEDIDA CONTRA EFEITOS DA CRISE MUNDIAL NO BRASIL

Posted by casciano in Economia, Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O senador José Agripino, como presidente do Democratas, disse que está disposto a se reunir com todos os partidos, inclusive os da base aliada, para juntos estudarem, proporem e aprovarem medidas necessárias para o Brasil sair da crise econômica que atinge o mundo.

Em discurso no plenário Senado da República, o presidente nacional do DEM, senador José Agripino (RN), disse que um dos principais caminhos para amenizar os efeitos da crise que alcança os Estados Unidos e Europa, e que vai chegar ao Brasil, é a contenção de gastos públicos.

“Estamos dispostos a sentar à mesa, conversar e entender que é preciso reunir agora, com antecipação, para que o Brasil possa fazer a transição econômica antes que seja tarde. Precisamos cuidar de racionalizar os gastos públicos, porque o PIB vai cair. Estamos em uma crise que vai exigir responsabilidade na sua administração”, frisou o parlamentar democrata.

O presidente do Democratas criticou as medidas adotas pelo presidente Dilma Rousseff para conter a crise e disse que não sente firmeza nas estratégias adotadas para conter os efeitos da crise econômica mundial.

José Agripino apontou três principais estratégias para diminuir o impacto financeiro no país: contenção das taxas de juros, estímulo na infraestrutura e manutenção do câmbio civilizado.

“Não sinto firmeza nas estratégias que o governo quer adotar. Não vejo providências neste sentido. Estou vendo anúncios do tipo ‘analgésico’”, criticou Agripino. “Estamos em uma crise que vai exigir responsabilidade na sua administração. A crise nos Estados Unidos e Europa vai chegar aqui no Brasil e, se não nos preparamos para isso, vamos sofrer duplamente”, avisou o senador.

Com Romina Jácome.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *