COBRANÇAS À MINISTRA IDELI SALVATTI

Posted by casciano in Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Bancada do PT no Nordeste pede ações emergenciais a ministra Ideli Salvatti.

A Bancada do PT do Nordeste  se reuniu nesta quarta-feira (11) com a  ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

Os deputados nordestinos foram solicitar ao Governo medidas emergenciais para minimizar os efeitos que a seca vem provocando na região.

A bancada apresentou à ministra um conjunto de propostas para melhorar as condições da população.

A primeira reivindicação é a edição de uma medida provisória, liberando crédito extraordinário para melhorar as condições de vida da população.

A deputada Fátima Bezerra (PT) expressou á ministra sua preocupação com a  grave situação enfrentada pela população do RN.

“A situação do Rio Grande do Norte é crítica, basta ver que  dos 167 municípios existentes, 139  já decretaram estado de emergência em virtude do longo período de estiagem. Precisamos que o governo tome ações urgentes para resolver os problemas que afligem a vida de milhares de famílias nordestinas”, enfatizou a deputada.

Também foi solicitado a ampliação das parcelas e do valor do seguro safra, passando das atuais seis parcelas para oito com valor de R$ 200,  e uma reavaliação da questão do endividamento do produtor rural.

A sugestão apresentada pela bancada é a da suspensão da execução da dívida.

Por último, os deputados reivindicaram a ampliação dos Territórios da Cidadania que são beneficiados com ações do Programa Brasil sem Miséria.

A idéia é contemplar pelo menos mais um território em cada estado, minimizando dessa forma o sofrimento enfrentado pela população nordestina.

A  bancada  saiu confiante  com a garantia dada pela ministra da criação de um grupo de  trabalho interministerial  para analisar alternativas e soluções para a situação, a exemplo do que foi criado para  acompanhar os problemas causados pelas enchentes no sul do país.

Na próxima semana, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, participa da reunião da Bancada do Nordeste, que vai discutir e definir ações de enfrentamento diante da realidade existente.

FÁTIMA BEZERRA QUER CPMI PARA INVESTIGAR LIGAÇÕES DE CARLOS CACHOEIRA

Em discurso na Tribuna da Câmara, a deputada Fátima Bezerra (PT-RN) defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para apurar as denúncias envolvendo o contraventor Carlinhos Cachoeira.

“Nos últimos dias, a população brasileira tem acompanhado as denúncias que envolvem uma verdadeira rede criminosa liderada pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira. O que surpreende não é o fato de um cidadão considerado empresário ser desmascarado e identificado como criminoso. Na verdade, o que surpreende, enoja e revolta a população brasileira é o tamanho da rede. Agora se sabe que a rede comandada pelo bicheiro envolve empresários, policiais militares e federais, membros do Ministério Público e até do Poder Judiciário, além de senadores, deputados, prefeitos e membros do governo tucano de Goiás. Existem até denúncias de envolvimento de membros da imprensa, como a ilustre revista Veja”, disse a deputada.

Ela lembrou o envolvimento do senador Demostenes Torres (DEM-GO), “aquele que poucos dias atrás adorava apontar o dedo e acusar a todos e todas”, disse.

Lembrou Fátima Bezerra que Demóstenes Torres, até bem pouco tempo, “era o paladino, a voz da ética, o porta-voz da honestidade neste País. Aliás, o sr. Demóstenes Torres, o senador José Agripino, ou seja, o DEM, têm-se especializado ao longo desses nove anos em bater duramente no Governo, em bater no nosso partido. Muitas vezes, diante apenas de especulações”, criticou.

“Agora, de repente, a máscara cai, e hoje o sr. Demóstenes Torres está fazendo o Congresso Nacional passar por esta vergonha e constrangimento. Este Congresso deve reagir por meio de uma apuração urgente, pública e transparente. O que nós esperamos, é que a CPI, de fato, saia do papel. Já existem assinaturas mais do que suficientes para tal. Se o Senado quiser se somar a nós na cruzada em defesa do Congresso Nacional para separar o joio do trigo, excelente! Mas, se o Senado não quiser fazê-lo, a Câmara dos Deputados tem o dever e a obrigação irrenunciáveis de instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito”, finalizou.

 Texto: Heldon Simões, Pedro Filgueira e Andréa Magalhães. Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *