COLUNA É POR AÍ!… OUT 2014 – REVISTA FOCO

Posted by casciano in Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

A VITÓRIA DE FÁTIMA BEZERRA

O resultado do primeiro turno da eleição no Rio Grande do Norte, para a disputa de governador, e a eleição de Fátima Bezerra para o Senado, além da eleição dos deputados federais e dos deputados estaduais, não trouxe nenhuma surpresa para o eleitor antenado, à exceção dos votos conquistados pelo professor Robério.

Analisando-se as estratégias de marketing e a propagando eleitoral dos candidatos, no primeiro turno, era possível perceber que, embora bem elaborada, a propaganda do candidato Henrique Eduardo manteve-se, em termos de eficiência, semelhante a propaganda do candidato Robinson Faria, com propaganda também, bem elaborada e ousadia na criação de movimentos como as Caravanas, que levavam carreatas de um município para outro.

A diferença entre ambos, ficou por conta da candidata ao Senado que cada um dos dois tinha como aliada. Henrique tinha Wilma de Faria. Robinson tinha Fátima Bezerra. Tanto nas estratégias de campanha, como na propaganda eleitoral, a equipe de Wilma de Faria não conseguiu a mesma eficiência da de Fátima Bezerra.

Essa diferença influenciou positivamente a campanha de Robinson e, ao contrário, negativamente a campanha de Henrique Eduardo. Seria precipitado dizer que Henrique não levou esta eleição no primeiro turno, porque escolheu mal a sua candidata ao Senado, mas, ilações permitem embasar este raciocínio.

Agora a situação é diferente. Agora é Henrique contra Robinson e Robinson contra Henrique. Não há mais a luta dos candidatos ao Senado, nem dos candidatos a deputados federal e estadual.

Sem contar que a maioria dos apoios conversados e negociados no primeiro turno, exige novas conversas e novas negociação neste segundo turno, o que provoca um imenso desgaste emocional e financeiro para os dois candidatos. E o mais forte ganhará.

É bom lembrar que, como ninguém esperava o segundo turno, em função da liderança de Henrique nas pesquisas, é Robinson quem reinicia a luta com vantagem.

É por aí!…

GARIBALDI E JOÃO MAIA NO COMANDO GERAL

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, do PMDB, e o deputado federal João, do PR, são os novos coordenadores da campanha do deputado Henrique Alves (PMDB) ao governo do Rio Grande do Norte.

JOSÉ FERNANES, BAIANO, NO COMANDO DO MARKETING

Henrique Eduardo foi buscar na Bahia, o novo coordenador de marketing da sua campanha. Substitui o publicitário Arturo Arruda e o jornalista Adriano de Souza.

ROBINSON FARIA E FÁTIMA BEZERRA CONTINUAM

A campanha de Robinson Faria continuará com a coordenação do próprio Robinson e da senadora-eleita Fátima Bezerra. João Maria Medeiros continua coordenando o marketing.

ROBÉRIO ESTAVA CERTO

O professor Robério Paulino, do PSOL, tinha total razão quando afirmava que teria próximo de 8% dos votos, diferentemente do que revelavam as pesquisas eleitorais divulgadas.

CAMPANHA ATRIBUI SEGUNDO TURNO A ROBÉRIO

A coordenação da campanha do candidato Henrique Eduardo, atribui a votação conquistada pelo professor Robério Paulino, a não conquista da vitória no primeiro turno da eleição.

ROGÉRIO MARINHO E CARLOS EDUARDO COMANDAM CAPITAL

O prefeito Carlos Eduardo assume, juntamente com o deputado federal eleito Rogério Marinho, a coordenação da campanha de Henrique em Natal.

GUERREIRA EM CHOQUE

Wilma de Faria, do PSB, continua abatida com o resultado da eleição para o Senado, quando a deputada Fátima Bezerra sagrou-se vitoriosa com uma diferença de mais de 170 mil votos.

DEPUTADOS FEDERAIS ELEITOS

Walter Alves (PMDB) – 191.064 votos / Rafael Motta (PROS) – 176.239 votos / Fábio Faria (PSD) – 166.427 votos / Zenaide Maia (PR) – 134.588 votos / Felipe Maia (DEM) – 113.722 votos / Rogério Marinho (PSDB) – 81.534 votos / Antônio Jácome (PMN) – 71.555 votos / Betinho Segundo (PP) – 64.445 votos.

DEPUTADOS ESTADUAIS ELEITOS

Ricardo Motta (PROS) – 80.249 votos / Galeno Torquato (PSD) – 63.286 / Hermano Morais (PMDB) – 60.813 / Kelps Lima (SD) – 59.619 / Gustavo Carvalho (PSB) – 57.757 / Ezequiel Ferreira (PMDB) – 54.438 / Getúlio Rêgo (DEM) – 52.118 / Nelter Queiroz (PMDB) – 51.773 / Tomba Farias (PSB) – 48.980 / Gustavo Fernandes (PMDB) – 42.975 / Fernando Mineiro (PT) – 42.088 / Cristiane Dantas (PCdoB) – 38.955 / George Soares (PR) – 38.637 / José Dias (PSD) – 37.844 / Agnelo Alves (PDT) – 37.768 / Albert Dickson (PROS) – 37.461 / Márcia Maia (PSB) – 36.997 / Raimundo Fernandes (PROS) – 35.333 / José Adécio (DEM) – 34.879 / Álvaro Dias (PMDB) – 34.638 / Jacó Jácome (PMN) – 28.62 / Dison Lisboa (PSD) – 26.618 / Souza (PHS) – 20.440 / Carlos Augusto Maia (PTdoB).

FRASES

Quero agradecer a militância e ao povo do RN que foram protagonista em eleger a 1a senadora de origem popular.” Da senadora eleita Fátima Bezerra, no seu Twitter.

“Vencemos em 109 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. Vamos animados para o segundo turno e com força para mudar o Estado.” Do candidato Henrique Alves, no Twitter.

Conto com o apoio, com a alegria e com o entusiasmo dos eleitores que junto conosco já fizeram história no 1º turno! Vamos a vitória no 2º.” Do candidato Robinson Faria, no seu Twitter.

“Quero agradecer com muita humildade aos 636.896 eleitores que, generosamente, votaram em meu nome para o Senado Federal, sobretudo, o grande carinho e apoio que recebi em todas as partes dos 167 municípios do Rio Grande do Norte.” Da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, em Nota.

ME DISSERAM!…

… Que Rosalba Ciarlini está satisfeita com o resultado da eleição, até agora. Será?…

… Que a união Alves-Maia não domina mais o cenário eleitoral do Rio Grande do Norte. Será?…

… Que José Agripino poderá ser ministro da Casa Civil, numa perspectiva de vitória do senador Aécio. Será?…

… Que Fátima Bezerra poderá ser ministra da Educação, numa perspectiva de reeleição da presidente Dilma. Será?…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *