COSERN RECOMENDA CUIDADOS AO DECORAR AMBIENTES COM ILUMINAÇÃO NATALINA

Posted by casciano in Comportamento, Economia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O Natal está chegando e com ele a magia que desperta em crianças e adultos a vontade de ornamentar os mais diversos ambientes com o brilho das lâmpadas coloridas.

Mas, é importante ficar atento ao adquirir, manusear e instalar adereços natalinos que utilizam energia elétrica para evitar acidentes como choque elétrico ou curtos-circuitos.

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (COSERN) recomenda aos consumidores alguns cuidados importantes:

Ao escolher os enfeites, a orientação é priorizar a segurança.

Para isto, é importante verificar a procedência e a qualidade dos adereços elétricos, especialmente cordões com lâmpadas.

Adquira apenas enfeites aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), com orientação técnica de utilização para cada tipo de ambiente.

Nos piscas-piscas a recomendação é observar a existência do selo de qualidade e se há informações sobre potência e tensão de alimentação.

Identifique ainda se todas as lâmpadas funcionam e se não há fios expostos ou ligações defeituosas.

Para as árvores de natal, é importante perceber se existe a etiqueta “resistente ao fogo”.

Essa medida pode evitar que um eventual curto-circuito possa ocasionar um incêndio, como consequência.

Antes de ornamentar o ambiente, é aconselhável realizar uma revisão nas instalações elétricas do imóvel.

Caso necessário, o ideal é chamar um eletricista capacitado para que ele indique as adequações que devem ser adotadas na instalação elétrica que alimentará a decoração.

Verifique as condições do material que será instalado, como a fiação, principalmente se foi adquirido em anos anteriores, já que pode ter sofrido desgaste do tempo e os fios podem estar ressecados.

É preciso dobrar os cuidados ao adornar o exterior da casa, mais vulnerável ao calor e à chuva e, portanto, mais exposto a riscos de choque elétrico e curto-circuito.

O uso de extensões e “benjamins” deve ser evitado.

Em hipótese alguma, a iluminação deve ser feita por pessoas que estejam com os pés ou mãos molhadas.

Evite também fazer ou deixar a instalação em local sujeito à chuva ou alagamento, pois a água potencializa os efeitos da condução da corrente elétrica pelo corpo humano.

Outras dicas importantes são: não usar luzes elétricas e piscas em árvores decorativas de metal, pois elas podem conduzir energia e provocar choques elétricos de gravidade imprevisível, assim como não instalar luzes próximas a enfeites produzidos com papel ou cartolina.

Ao manusear a instalação natalina, é preciso certificar-se de que ela esteja inteiramente desconectada das fontes de alimentação de energia.

Os equipamentos devem ser ligados apenas depois que a montagem for concluída.

Após a conclusão, evite tocar na fiação ou substituir lâmpadas queimadas.

Muita atenção nos cuidados com crianças, pois este tipo de iluminação chama a atenção e há uma tendência natural a quererem tocar os enfeites.

O ideal é fixar a árvore de natal a um elemento estável e seguro.

Lembre-se também de desligar toda a decoração elétrica ao sair de casa.

A COSERN alerta ainda para que a instalação externa nunca seja ligada diretamente à fiação da rede ou próxima da rede de distribuição de energia.

A seguir, confira o resumo das dicas:

· Revise as instalações elétricas do imóvel antes de iniciar a decoração, lembrando dos fios decorativos e dos piscas;

· Não ligue as luzes dos piscas em extensões e benjamins (T);

· Certifique-se de que o material natalino é atestado pelo Inmetro;

· Não manuseie as luzes e enfeites com as mãos ou os pés molhados;

· Identifique se a árvore natalina possui a etiqueta “resistente ao fogo”, evitando usar enfeites de papel naquelas que contêm iluminação elétrica;

· Evite as árvores de natal com ramificações de metal caso utilize iluminação ou piscas;

· Não deixe a fiação ao alcance de crianças e a tomada deve estar protegida;

· Desligue as luzes ao deitar ou sair de casa;

· Evite fazer ou deixar a instalação em local sujeito à chuva ou alagamento;

· No caso de existirem crianças fixe a árvore de natal em um elemento estável e seguro;

· Nunca faça a instalação externa ligada diretamente à fiação da rede ou próxima da rede de distribuição de energia.

Texto: Karine Severo Teixeira.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *