DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO INTERESSADA NO SUS MEDIADO

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Representantes de Brasília estão em Natal para conhecer funcionamento do “O SUS Mediado”.

A defensora pública geral, Jeanne Bezerra, recebe nesta quarta-feira (11), desde às 8h30 na sede da Defensoria Pública do Estado, o defensor público federal Claudionor Barros Leitão e a procuradora da União Quesia Neiva, ambos de Brasília, que vêm a Natal para conhecer o funcionamento do “O SUS Mediado”.

Os representantes irão acompanhar um dia do atendimento, que acontece todas as quartas-feiras na Defensoria Pública do Estado, para entender todo o processo de resolução das demandas de saúde.

Após a visita, a intenção da Defensoria Pública da União, em especial, é mostrar aos outros estados a ação desenvolvida no RN e promover parcerias para que o SUS Mediado se torne realidade nas demais unidades administrativas do País.

Iniciada na capital potiguar em 14 de fevereiro deste ano, a iniciativa visa minimizar a burocracia com a criação de mecanismos extrajudiciais para um atendimento mais rápido e eficiente, de forma a beneficiar a população que, em situação de urgência e emergência, não pode esperar.

De acordo com o defensor público federal Wagner Ramos Kriger, a visita dos representantes de Brasília se dá pelos resultados positivos proporcionados pelo “O SUS Mediado” no RN, que chamou atenção da Defensoria Pública da União e da Advocacia Geral da União.

Por causa da divisão de atribuições entre a Defensoria Pública do Estado, responsável pelos casos contemplados pelo SUS, e a Defensoria Pública da União, que toma medidas em situações não abrangidas pelo sistema, o trabalho dos órgãos federais diminuiu consideravelmente.

“Essa ação desenvolvida no Rio Grande do Norte diminui a morosidade e torna o trabalho das defensorias mais eficiente. Além disso, a resolução de demandas sem a necessidade de entrar com ação na justiça ajudou muito os juízes que já assumem outras responsabilidades”, declara Wagner.

Texto: Ângela Bezerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *