DOMÍCIO ARRUDA DIZ A BIBI COSTA QUE SERIDÓ VAI GANHAR MAIS LEITOS DE UTI NEONATAL E BANCO DE LEITE HUMANO

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O Secretário de Estado da Saúde Pública, Domício Arruda se reuniu com o prefeito de Caicó, Bibi Costa, para tratar da abertura de 05 leitos de UTI Neonatal, naquela cidade.

A ação faz parte do plano operativo estadual para diminuir a redução da mortalidade infantil na região do Seridó.

Na ocasião, foi tratado também da abertura do Banco de Leite Humano, na Fundação Carlinhos Dantas, já agora no final de ano.

Com a conclusão da reforma, no próximo dia 20, haverá uma vistoria da Suvisa e da Coordenação Hospitalar para a liberação dos serviços.

No convênio que será realizado entre o Estado e a prefeitura, a Sesap disponibilizará os equipamentos e alguns profissionais, já a prefeitura ficará responsável pela manutenção do banco de leite.

O próximo passo, após o início do funcionamento, será o credenciamento junto ao Ministério da Saúde  para a liberação dos recursos federais.

Por ano, cerca de 115 mil mães participam deste gesto de solidariedade e amor, que beneficia mais de um milhão de mulheres, gestantes e nutrizes que recorrem aos Bancos de Leite Humano em busca de apoio assistencial para amamentar diretamente seus filhos.

Ações incentivadoras ao consumo de leite materno pelas crianças menores de dois anos contribuem para reduzir a desnutrição e a mortalidade infantil, que, além de ser um dos Objetivos do Milênio, é uma das principais metas da Rede Cegonha.

O leite materno para os recém-nascidos (principalmente, os hospitalizados) é muito mais que um simples alimento, pois aumenta as chances de recuperação do bebê se a alimentação exclusiva com ele for possibilitada durante o período em que a criança está impossibilitada de ser amamentada pela mãe.

Isto geralmente ocorre nos casos em que o bebê está internado em UTI neonatal.

Para ser uma doadora, a mulher precisa, além de apresentar excesso de leite, ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar o leite e a doar o excedente.

Para realizar a doação, a lactante deve entrar em contato com o banco de leite de sua cidade para receber o frasco esterilizado, no qual depositará o leite.

Depois disso, deverá manter o frasco no congelador ou freezer e aguardar que uma equipe vá à casa dela para o recolhimento do leite doado.

Em algumas cidades, os bancos de leite humano realizam parcerias com outros órgãos para a coleta do leite doado.

Texto: Kelly Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *