EDITAL DE CONCURSO PARA O INSS SAI ESTE MÊS

Posted by casciano in Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, anunciou que o edital do novo concurso do INSS deverá ser lançado em setembro.

Ele explicou que o documento não pode ser divulgado antes disso porque o Governo Federal estava fechando o orçamento para o ano que vem; e que tudo está nas mãos do Ministério do Planejamento.

A informação sobre o concurso foi dada durante entrevista ao vivo concedida ao programa Tribuna Independente, veiculado pela Rede Vida (foto Nicolas Gomes – MPS).

Na ocasião, Garibaldi Filho também pode falar sobre os bons resultados da Previdência Social.

O ministro reiterou informações sobre o certame, entre elas, que serão 2,7 mil vagas; sendo duas mil para técnico previdenciário e 500 para perito médico.

E que serão convocados 200 assistentes sociais aprovados no concurso realizado em 2009.

O processo seletivo deverá ser realizado este ano e a previsão é de que os novos
servidores possam ser empossados a partir de março de 2012.

O programa Tribuna Independente contou com a participação dos jornalistas João Vilaverde (Valor Econômico) e Denise Rothenburg (Correio Braziliense).

A apresentação é feita por Leandro Mazzini.

Além de falar sobre o concurso, Garibaldi Filho deu informações sobre o futuro da Previdência.

Uma delas é que ele é favorável ao fim do fator previdenciário, mas que essa medida só será efetivada quando o governo conseguir definir uma proposta que seja aceita também pelas entidades que representam os trabalhadores.

“Vamos continuar a estudar até encontrar uma solução consensual para o fim do fator previdenciário”.

Garibaldi Filho também falou sobre o projeto 1992/2007, que cria a previdência complementar para os servidores públicos.

O ministro explicou que um dos pontos do projeto é fixar um teto de aposentadoria para os servidores públicos, a exemplo do que ocorre na iniciativa privada.

Este teto teria o valor de R$ 3.689,66.

Na opinião do ministro, é possível estabelecer este teto.

Garibaldi Filho deixou claro que nada do que este projeto trará atingirá os que já contribuem para a Previdência.

“O que nos interessa é o futuro. É possibilitar ao servidor que ele contribua para um fundo de pensão e isso lhe dê a oportunidade de ter uma aposentadoria vantajosa”, afirmou.

Texto: Everton Dantas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *