GARIBALDI FILHO SAÚDA RETORNO DE GERALDO MELO AO PMDB

Posted by casciano in Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Por conta da programação de inaugurações de novas agências da Previdência, o ministro Garibaldi Filho não pode estar presente à solenidade de filiação do ex-senador Geraldo melo ao PMDB.

Entretanto, mesmo à distância, ele fez questão de saudar o retorno do amigo à legenda, por meio de mensagem encaminhada ao PMDB.

Segue abaixo a íntegra da saudação…

“É com grande satisfação que hoje saúdo o retorno de Geraldo Melo ao PMDB. Minha alegria só não é completa porque, em virtude de compromissos anteriormente assumidos, não posso participar da solenidade de filiação desse companheiro que regressa à velha casa. No instante em que ele assina sua ficha de retorno ao partido, estou cumprindo agenda administrativa do Ministério da Previdência Social no interior de São Paulo, na cidade de Brotas.

É com o mesmo contentamento que dou as boas-vindas à sua esposa Ednólia Melo, que também passa a integrar os quadros do PMDB.
Ex-prefeita de Ceará Mirim – e, quem sabe, futura prefeita daquele município – Ednólia, ao deixar o comando do executivo municipal foi reconhecida pela população como eficiente gestora.

Ao longo de toda a sua vida política, Geraldo e Ednólia Melo nunca deixaram de ser grandes companheiros do Rio Grande do Norte. Geraldo Melo esteve junto com o nosso partido nos momentos em que o Brasil mais precisou. Foi assim, por exemplo, no período da redemocratização. Naquela época, liderado no país pelos inesquecíveis Ulysses Guimarães e Tancredo Neves e no Rio Grande do Norte pela maior liderança que o estado já teve, Aluízio Alves, o PMDB foi reestruturado para trabalhar pela redemocratização e pelo desenvolvimento do Brasil.

Com energia e talento, Geraldo Melo se elegeu governador do Rio Grande do Norte em uma campanha vitoriosa que protagonizou ao lado do meu pai, o hoje senador Garibaldi Alves. Pouco antes daquela disputa eleitoral, ele coordenou os demais companheiros do PMDB no histórico pleito que me alçou à condição de primeiro prefeito eleito de Natal após o regime militar instalado no Brasil em 1964.

Com Geraldo governador, o Rio Grande do Norte viveu na prática o slogan que foi mote de sua campanha: Novos Tempos. Depois de prestar serviços ao seu estado natal, Geraldo Melo, eleito senador, foi um dos políticos mais influentes do Parlamento e também do governo do então presidente Fernando Henrique Cardoso. Sua atuação destacada o alçou ao cargo de vice-presidente do Senado Federal.

Mais tarde, quando também me elegi senador, pude conhecer o testemunho e os depoimentos de parlamentares e servidores que tinham convivido com Geraldo Melo e se mostravam ainda impressionados com a atuação do potiguar. Até hoje o Senado não esquece a sua oratória, a sua retórica e os seus discursos sempre tão entusiasmados e repletos de propostas para melhorar o RN e o Brasil.

Por isso, agora – nessa sua volta ao PMDB – mais maduro e tão inteligente e talentoso quanto antes, tenho certeza de que os novos tempos retornam não apenas ao PMDB, mas, sobretudo, ao Rio Grande do Norte.

Geraldo, meu amigo, seja bem-vindo”.

Texto: Everton Dantas. Foto: Divulgação.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *