GOVERNO ROSALBA CIARLINI POSTERGA E SONEGA CONQUISTAS DOS AGENTES E ESCRIVÃES DA POLÍCIA CIVIL

Posted by casciano in Notas | Tagged , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Policiais civis estão insatisfeitos com proposta financeira do Governo.

Categoria entende que acordo foi feito em julho e não há mais o que negociar, mas analisa que SINPOL deve continuar ouvindo propostas.

Os agentes e escrivães da Polícia Civil esperavam um cronograma melhor para o pagamento do passivo referente à implantação do Plano de Cargos e Salários, do que a que foi apresentada na tarde desta quinta-feira (20) pelo secretário de Administração e Recursos Humanos, Anselmo Carvalho.

O gestor propôs efetuar este retroativo em nove parcelas, a serem pagas a partir de abril de 2012.

Isto ocorre porque esta gestão se comprometeu no Tribunal de Justiça, no dia 13 de julho passado, a continuar a implantação do Plano de Cargos, que começou em outubro do ano passado, só que fazendo os enquadramentos de níveis e classes, que deveriam ter ocorrido em abril e maio, respectivamente, a partir de setembro deste ano e em quatro parcelas, mas não honrou em sua totalidade.

O Executivo só está fazendo o pagamento do parcelamento do enquadramento de classes.

Procurado recentemente pelo SINPOL, devido ao descumprimento do acordo firmado há tão pouco tempo, o Governo alegou que havia interpretado equivocadamente a Lei Estadual que dispõe sobre o Plano de Cargos, aprovada e sancionada pelo Governo em 2010 – a Lei 417/10 – e só poderia fazer agora o enquadramento de níveis em novembro de 2011, janeiro, fevereiro e março de 2012, por limitações financeiras.

Desta maneira, disse agora o secretário Anselmo, só poderiam honrar o passivo gerado nestes períodos que não fez as devidas implantações a partir de abril do próximo ano.

Mesmo insatisfeitos com a oferta do Governo do Estado, a categoria decidiu em assembleia na noite desta quinta adiar o indicativo de greve e aguardar os próximos passos do Governo, uma vez que espera que haja avanço também em outros pontos igualmente importantes.

Nos próximos dias, devem ser discutidos, por exemplo, os temas: retirada de presos, PMs e pessoas estranhas das delegacias; implantação de limpeza terceirizada nas delegacias; distribuição de vale-alimentação para plantonista em substituição às quentinhas entregues atualmente; assim como melhoria do Estatuto da Polícia Civil.

Texto: Elaine Vládia.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *