JOSÉ AGRIPINO FALA SOBRE PARTIDOS POLÍTICOS NO BNDES

Posted by casciano in Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O presidente do Democratas, senador José Agripino fez palestra na última semana no Fórum Especial do Instituto Nacional de Altos Estudos, presidido pelo economista e Ex-Ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso.

Com o tema “A questão política (novo sistema de partidos e reforma política como prioridade)”, o Fórum reuniu no auditório do BNDES (RJ), além do senador do Rio Grande do Norte, outros parlamentares como o deputado Rui Falcão, presidente do PT;senador Sergio Guerra, presidente do PSDB e o deputado Roberto Freire, presidente do PPS.

Durante o encontro, o presidente do DEM, criticou a atitude da presidente Dilma no episódio da demissão do ex-ministro do turismo, Pedro Novais, responsabilizando a imprensa pelo ocorrido.

“Mais uma vez, o assunto foi resolvido por denúncia da imprensa. Não foi nenhuma posição tomada voluntariamente pela presidente. Se fala em faxina, mas isso não existe. O que foi feito agora foi a substituição de um peemedebista por outro. É a imprensa que denuncia e a obriga a tomar posições. É a forma de ser desse governo, que não toma iniciativa de combate à corrupção”, declarou Agripino.

O debate teve como integrantes da mesa redonda os cientistas políticos, Luciano Martins (ex-embaixador do Brasil em Cuba) e José Álvaro Moisés (diretor do núcleo de pesquisas em Políticas Públicas da USP), além do sociólogo Paulo Delgado.

Este ano o Fórum teve como convidada especial a atriz Fernanda Montenegro para falar sobre a proposta de criação do Instituto de Artes Reunidas.

O evento começou na quarta-feira (14) e segue até amanhã (16) na sede do BNDES no centro do Rio de Janeiro, com o objetivo de debater a importância de um novo modelo de desenvolvimento para capacitar o Brasil a enfrentar, segundo os organizadores, a “grande recessão” iniciada em 2007.

O Fórum Nacional foi criado em 1988, com o objetivo de reunir lideranças nacionais – Ministros, lideranças políticas, empresariais, acadêmicas, sindicais e sociedade civil – para, através do debate pluralista, procurar convergências em torno de propostas concretas sobre grandes temas do Desenvolvimento Nacional.

Texto: Rominna Jácome.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *