JOSÉ VIEIRA RELATA ASSUNTOS DO ENCONTRO COM JURANDIR SANTIAGO NO BANCO DO NORDESTE

Posted by casciano in Economia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Federações da Agricultura do Nordeste participam de reunião com BNB.

Debater novas alternativas para o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), autonomia para agências, pagamento de dívidas rurais e outros assuntos pertinentes a atividade agropecuária foram o foco da reunião / almoço promovida na última segunda-feira (31), na sede do Banco do Nordeste em Fortaleza, com a diretoria da instituição e os presidentes de Federações da Agricultura do Nordeste.

Na reunião, que contou coma participação dos presidentes das Federações do Rio Grande do Norte, José Álvares Vieira, da Paraíba, Mário Antônio Borba, do Maranhão, José Hilton de Sousa, do Vice-presidente Diretor da CNA, José Ramos Torres de Melo Filho, do presidente do BNB, Jurandir Santiago, e de representantes das Federações do Piauí e Bahia, foi debatido a criação de linhas de crédito para os produtores rurais, endividamento, FNE 2012, entre outros temas.

“Foi uma reunião de apresentação, já que o presidente do Banco do Nordeste é novo. Conversamos com ele sobre temas que nos ligam diretamente. É o caso dos investimentos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste(FNE), para o exercício de 2012 e a questão da burocracia entre o banco e os produtores rurais”, lembrou o presidente da Faern, José Vieira.

Também na lista de pedidos dos representantes do Nordeste, consta a criação de um grupo técnico para discutir um plano de ação para o financiamento ao médio produtor com recursos do FNE, o enquadramento do médioprodutor de acordo com os mesmos critérios do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), facilidades de acesso do produtor da região do semi-árido ao financiamento do fundo, e a redução dos juros adotados pelo FNE.

“Com isso, os nossos produtores rurais irão respirar melhor” resumiu José Vieira, da Faern.

Na conversa desta segunda-feira, os representantes das Federações da Agricultura também pediram ao presidente do Banco do Nordeste que a instituição financeira desenvolva uma linha de crédito especifica para o custeio agrícola / cerrado / nordestino, da mesma forma que esta sendo criada uma linha de crédito para os perímetros irrigados.

O presidente da Faern explicou que Jurandir Santiago ouviu com atenção as solicitações dos presidentes de Federações do Nordeste e se mostrou entusiasmado com os trabalhos desenvolvidos por essas entidades em seus estados.

“Ele ficou alegre com possíveis parcerias que possamos realizar no futuro, e também se mostrou aberto para tentar agendar visitas de representantes do banco as cidades do interior. Mostramos para ele a boa interação que pode surgir e também comentamos sobre os nossos sindicatos rurais, que são os pontos ideais para a promoção de palestras sobre pendências bancarias”, finalizou José Vieira.

Texto: Leonardo Sodré.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *