MINISTÉRIO DA SAÚDE SE ORGANIZA PRA COMBATER MELHOR A DENGUE

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Sesap irá participar de encontro sobre dengue em Fortaleza

A equipe técnica do Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) irá participar, nesta terça-feira (06), da 3ª Reunião da Macrorregião Nordeste, promovida pelo Ministério da Saúde, em Fortaleza, no Ceará.

No encontro, os estados apresentarão uma avaliação dos indicadores dos municípios definidos como prioritários pela Portaria Nº. 2.557, de 28 de outubro de 2011, que institui no Piso Variável de Vigilância e Promoção da Saúde do Componente de Vigilância e Promoção da Saúde um incentivo financeiro para a qualificação das ações de prevenção e controle da dengue.

Essas ações, pactuadas em um Termo de Compromisso, giram em torno de três eixos: combate ao vetor, vigilância epidemiológica e entomológica e atenção.

Segundo a Coordenadora do PECD, Kristiane Fialho, os 35 municípios do RN contemplados pela portaria encontram-se em processo de implementação das ações definidas.

“Durante este semestre iremos avaliar e monitorar o cumprimento dos Termos de Compromisso. Nossa meta é até o próximo mês de julho concluirmos a primeira etapa desse trabalho de supervisão”, disse a coordenadora.

Além disso, a coordenadora informou que a Sesap tem adotado na rotina a capacitação dos profissionais como prioridade.

Neste ano, já foram capacitados técnicos de enfermagem como agentes multiplicadores no Hospital Giselda Trigueiro, referência no tratamento de doenças infectocontagiosas do Estado, e no Hospital dos Pescadores.

Segundo informações do PECD, até a Semana Epidemiológica 08, encerrada em 25 de fevereiro, o RN apresentou, neste ano, um total de 1.600 notificações de casos suspeitos de dengue.

Conforme dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), até a última quinta-feira (01), foram confirmados, em 2012, 154 casos.

Atualmente, 06 municípios apresentam incidência alta da doença (Campo Grande, Galinhos, Santana do Seridó, Alexandria Patú e Viçosa), 08 encontram-se com incidência média, 74 estão com baixa incidência e 79 municípios não notificaram casos suspeitos.

Texto: Kelly Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *