MUDANÇAS NO HOSPITAL TARCÍSIO MAIA MELHORAM QUALIDADE DO ATENDIMENTO

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O novo modelo de gestão implantado no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, vem possibilitando avanços no hospital, que se refletem no aumento da qualidade do atendimento, bem como em melhores condições de trabalho para os servidores.

Entre as melhorias destacam-se a diminuição dos índices de mortalidade, de infecção hospitalar e do período de internamento dos pacientes, maior agilidade nos atendimentos do pronto-socorro, além de redução para cerca de 15% no número de pacientes em espera por cirurgias ortopédicas.

Outro avanço consiste no serviço de telemedicina, com a realização de eletrocardiogramas e tomografias.

Assim, os laudos desses exames, que antes demoravam 40 dias, podem ser obtidos em até 30 minutos.

Mais uma melhoria diz respeito à escala geral do hospital, que a partir de novembro funcionará com 95% de preenchimento em todas as especialidades médicas.

Além disso, vêm sendo ministrados vários cursos direcionados a todos os setores da unidade hospitalar, em parceria com o SAMU e com universidades públicas e privadas.

Inclusive, em todas as quintas-feiras, os servidores têm contado com uma programação científica e cultural.

Mais um destaque é a implantação, prevista para o próximo ano, de um setor de gestão ambiental, em parceria com a Universidade Potiguar, com o objetivo de coordenar todas as ações relacionadas ao uso de energias renováveis e não renováveis e ao destino adequado dos resíduos hospitalares.

Também em termos de gestão, foi eleito um novo conselho de ética, bem como foram instituídos colegiados gestores e várias comissões, como a de prontuários, de óbitos, transfusional, de ensino e pesquisa, de documentação e registros, de nutrição e de humanização, com vistas à oferta de um serviço de qualidade.

Texto: Kelly Barros.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *