NOVAS INDÚSTRIAS PRA GERAR MAIS EMPREGOS EM GOIANINHA

Posted by casciano in Economia, Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Governadora Rosalba Ciarlini assina protocolo com empresas que se instalarão em Goianinha.

Nesta quinta-feira (15), a Governadora Rosalba Ciarlini se reuniu com representantes de três empresas que pretendem se instalar na cidade de Goianinha, localizada na região Agreste do Estado.

A reunião, promovida na sede da Governadoria, e que contou com a presença de diversas autoridades, entre prefeitos, vereadores e representantes do setor econômico potiguar, foi para a assinatura de um protocolo de intenções entre a administração estadual e as indústrias.

As empresas que pretendem se instalar em Goianinha são dos segmentos de alimentos congelados (DUO Foods S/A), embalagens (Sanovo Greenpack) e de produção e engarrafamento de bebidas alcoólicas (San Marino).

De acordo com as estimativas dos empresários, o investimento total das três indústrias atingirá a marca de R$ 70 milhões.

A escolha de Goianinha para instalação das empresas foi feita após uma análise da comissão de avaliação e cadastramento de áreas industriais em expansão da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico.

A comissão, criada em agosto deste ano, pesquisa municípios de todo o estado que tenham áreas disponíveis e infraestrutura para receber novas indústrias.

Para isso, o município de Goianinha vai implementar, em parceria com o Governo do Estado, um distrito industrial que deverá atrair pelo menos 15 indústrias somente em 2012.

A Duo Foods S/A, indústria destinada à fabricação de alimentos congelados, vai investir 50 milhões de reais.

A estimativa é que sejam gerados entre 400 e 1.200 empregos.

A previsão do início de operação é novembro de 2013 e o faturamento anual estimado é de 100 milhões de reais, quando da estabilização da produção.

A Sanovo Greenpack Embalagens do Brasil é um indústria de embalagens que projeta investir no Rio Grande do Norte cerca de 13,5 milhões de reais.

A previsão é que sejam gerados 100 empregos diretos, com capacidade anual de produção de 78,8 milhões de unidades de produtos, devendo entrar em funcionamento em novembro do próximo ano.

Já a San Marino, destinada à produção, estandardização e engarrafamento de bebidas alcoólicas, irá investir 5,12 milhões de Reais com geração de empregos estimada em 90 diretos e 180 indiretos.

Com previsão de inauguração para junho de 2013, a empresa tem capacidade anual de produção é de 7,2 milhões de litros e faturamento estimado em 5,4 milhões para o primeiro ano de funcionamento.

No geral, o faturamento anual estimado é de 15.120.000,00 milhões, quando da estabilização da capacidade total de produção for vendida.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Álvares Vieira, que participou da reunião desta quinta-feira juntamente com outros representantes de entidades de classe, afirmou que a concretização das indústrias no município de Goianinha será um presente para a economia da região.

“Acredito que será uma nova porta para a economia dessas cidades que são vizinhas a Goianinha. Com as empresas instaladas, o holofote do crescimento estará apontado para toda a região Agreste, e isso é fundamental para alavancar o desenvolvimento daquelas cidades”, finalizou Vieira.

Texto: Leonardo Sodré.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *