O OBJETIVO AGORA É… ‘DE MOSSORÓ PARA OS ESTADOS UNIDOS’

Posted by casciano in Economia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Produtores querem conquistar a América do Norte.

Produtores potiguares encaram o desafio de expandir a exportação de frutas para os Estados Unidos.

A expectativa é conquistar o mercado norte-americano com as frutas de qualidade reconhecida, como o melão de Mossoró.

O setor que gera mais de 20 mil empregos diretos e que, somente no ano passado exportou mais de 300 mil toneladas em produtos, se prepara para um novo desafio. Em 2012, a fruticultura potiguar pretende desembarcar na América do Norte.

Para tanto, o Sebrae no Rio Grande do Norte e parceiros iniciaram um processo de expansão do mercado para os Estados Unidos.

O intercâmbio comercial entre produtores locais e compradores norte-americanos será intensificado durante a Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada (EXPOFRUIT), no próximo mês de junho, em Mossoró.

Baseado nas reconhecidas qualidades do melão produzido no Rio Grande do Norte, a ideia é promover a inserção do produto potiguar no exigente mercado norte-americano durante o período em que a “janela” da produção local estará aberta.

“Sabemos que entrar no mercado norte-americano é complicado, mas temos condições. Temos um produto de ótima qualidade, que avançou muito na sanidade, e é isso que vamos mostrar ao longo do período de negociação que já iniciamos e vamos focar ainda mais na Expofruit”, afirma o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto.

Paralelo à participação dos compradores estrangeiros nas rodadas de negócios, com vistas a consolidar a parceria entre os produtores potiguares e norte-americanos, o Sebrae-RN promoverá uma série de ações com o objetivo de inserir o melão produzido no Rio Grande do Norte naquele mercado.

Visitas aos campos produtores locais e missões com produtores à maior feira do segmento dos Estados Unidos são algumas das medidas adotadas.

O produtor Carlos Matsumoto está otimista com as novidades do mercado. Ele acredita que, apesar das muitas exigências dos compradores internacionais, o mercado norte americano se configura como uma excelente oportunidade de negócios.

“O mercado dos Estados Unidos e Canadá é até maior do que o europeu, e podemos aproveitar bem esta fatia do mercado”, prevê.

Durante a cerimônia de lançamento da Expofruit 2012, o diretor do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte, Segundo Paula, lembrou a trajetória de sucesso da feira, considerada a maior do segmento na região Nordeste.

“Estamos lançando mais uma Expofruit e podemos perceber o quanto este evento cresceu desde 1993, quando ainda era Fenafrut e tínhamos pouquíssimos participantes. Esse sucesso de hoje representa o crescimento do setor da fruticultura, que gera atualmente mais de 80 mil empregos indiretos, em toda a cadeia”, destaca.

A prefeita de Mossoró, Maria de Fátima Rosado, também participou do lançamento da Expofrui, e destacou a importância do evento para o crescimento econômico do município.

“Este evento significa muito para nossa cidade, porque quando o setor da fruticultura cresce, o nosso município também cresce e se desenvolve”, frisa.

A Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada, que tem como slogan “Ganhar é o único resultado quando se aposta na fruticultura”, acontecerá no período de 13 a 15 de junho, no Expocenter, instalado no campus central da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).

De acordo com a organização do evento, ao menos 50% dos 320 estandes disponibilizados para a edição 2012 da feira já estão vendidos.

Durante o período, o Sebrae-RN desenvolverá uma vasta programação que inclui oficinas, minicursos, workshops e eventos técnicos, como o Fórum Internacional da Fruticultura e o Seminário de Comércio Justo.

A programação contemplará também momentos de discussões voltados para a agricultura familiar, com a participação de caravanas de produtores de diversos Estados da Região Nordeste.

A feira ainda trará oportunidades por meio da realização da Rodada de Negócios, que aproxima os produtores locais de compradores nacionais e internacionais.

A rodada acontecerá em três dias e uma das novidades dessa edição será uma rodada exclusivamente com empresas locais e da região Nordeste.

Texto: Sandra Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *