O TRABALHO É PRA CONSTRUIR A REDE ONCOLÓGICA

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Sesap trabalha para estruturação de uma Rede Oncológica.

Durante a semana passada a equipe da Coordenadoria de Promoção à Saúde (CPS) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esteve reunida para definir estratégias para o desenho de uma Rede de Atendimento em Oncologia no Rio Grande do Norte.

A Rede seguirá os moldes das Redes de Atenção à Saúde, criadas pelo Ministério da Saúde, que incluem ainda a Rede Cegonha (para atendimento materno-infantil), Rede de Atenção às Urgências e Emergências, Rede de Atenção Psicossocial e Rede de Cuidado à Pessoa com Deficiência.

A Sesap montou um grupo de trabalho, composto por profissionais da Coordenadoria de Promoção à Saúde (CPS), Subcoordenadoria de Ações da Saúde (SUAS), Coordenadoria de Planejamento (CPCS), Vigilância Epidemiológica (SUVIGE), Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT) e Auditoria.

O grupo apresentou às Unidades Regionais de Saúde Pública (URSAPs) um instrumento de coleta de dados para montar uma matriz diagnóstica da Rede de Atenção Oncológica nas oito regiões de saúde do estado.

O questionário pretende levantar dados sobre câncer de próstata, mama, colo do útero, traquéia, brônquio e pulmão, cólon e reto, estômago, boca, câncer de pele e leucemias.

Além de também verificar a existência de profissionais para consulta especializada, exames laboratoriais e procedimentos complementares ao diagnóstico e a mortalidade por câncer em cada município.

De acordo com Ivana Maria Fernandes, assessora técnica da CPS, o RN se antecipou e tomou a iniciativa de fazer um diagnóstico do estado no que se refere ao serviço de oncologia.

“De posse deste diagnóstico nós vamos buscar o apoio do Ministério da Saúde dentro da Política Nacional de Atenção às Oncologias. As URSAPs vão convocar reuniões com os gestores e até o final do mês de maio pretendemos estar com este diagnóstico concluído”, finalizou.

Com Kelly Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *