PEDRO GRUILHERME CAVALCANTI EXPLICA OS FATORES DE RISCO, TRATAMENTO E PREVENÇÃO DO CÂNCER DE LARINGE

Posted by casciano in Comportamento | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O Brasil é o segundo país com maior incidência de câncer de laringe no mundo.

Por ano, são diagnosticadas mais de 10 mil pessoas com a doença, que tem mais de 90% de chance de cura sem seqüelas, quando diagnosticada no início.

O otorrinolaringologista Pedro Guilherme Cavalcanti explica que o câncer de laringe pode ser originado pela associação de diversos fatores de risco, como uma predisposição genética unida a questões como abusos vocais, refluxo gastroendofágico, e, principalmente abuso, de álcool e cigarro.

Segundo o médico, o ideal é que todos os fumantes passem por avaliações anuais com um otorrinolaringologista (médico especializado em nariz, ouvido, e garganta e também na voz e doenças relacionadas a ela).

E que, se sintomas como rouquidão e cansaço vocal persistem por mais de duas semanas, o paciente procure o mais rápido um especialista.

O câncer de laringe é um dos mais comuns a atingir a região da cabeça e pescoço, representando cerca de 25% dos tumores malignos que acometem esta área e 2% de todas as doenças malignas.

Em estágios mais avançados da doença, os tratamentos vão desde radioterapia, quimioterapia à retirada total da laringe (traqueostomia), nessa fase já com menores chances de cura e com conseqüências significativas para a rotina do paciente, como prejuízos na fala.

Texto: Julianne Barreto e Anna Karinna Castro.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *