PRA PREVENIR E REMEDIAR OS EFEITOS DA SECA

Posted by casciano in Economia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Federação da Agricultura sugere medidas contra a seca.

O número alarmante da seca nas cidades do interior potiguar fez com que a Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) emitisse uma série de sugestões ao Governo e as Prefeituras locais para minimizar o problema.

De acordo com o presidente da Instituição, José Álvares Vieira, medidas como a construção de mais barragens subterrâneas e o incremento da agricultura irrigada junto aos pequenos produtores podem ajudar na questão.

“Acredito que o Governo está sensível com esse problema que atinge produtores rurais, seus familiares, animais e toda a nossa economia rural”, ressaltou Vieira.

Entre as outras medidas sugeridas pela Faern estão: as liberações imediatas de todas as emendas parlamentares destinadas ao setor rural potiguar, o descontingenciamento orçamentário dos Ministérios da Agricultura (Mapa), Desenvolvimento Agrário (MDA), Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Integração Nacional para ações destinadas às regiões afetadas pela seca.

“Outra providência é a liberação do Fundo Social do BNDS para aplicações em investimentos que reforcem o trabalho dos pequenos produtores. Também está listada a liberação mais rápida dos recursos do Garantia-Safra”, enfatizou o presidente da Federação da Agricultura.

O presidente da Faern, José Vieira, também lembrou que o Governo do Estado deve analisar com mais rapidez a questão do pagamento pelo litro de leite comprado dos produtores para o Programa do Leite.

“Existe um clamor dos produtores rurais para que o governo atualize esse pagamento. Afinal, tudo aumentou, e com essa seca, aumenta mais ainda”, explicou Vieira.

O presidente da Federação da Agricultura também sugere uma parceria entre produtores, usinas de cana e prefeituras.

“Acredito que com a ajuda da administração municipal, fica mais fácil para os produtores comprarem o bagaço (utilizado na alimentação do gado). Já que não precisam se deslocar até as usinas para comprarem uma grande quantidade do produto. Com a parceria com a Prefeitura, o pequeno produtor rural poderá comprar em um local determinado pela administração”, lembrou Vieira.

Outras providencias apontadas pelo presidente da Faern para o combate a seca: utilização das margens de rios tornados perenes pelos açudes, perfuração de poços onde for possível, facilitar o uso da tarifa verde (caso do medidor).

Texto: Leonardo Sodré.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *