QUANDO FEVEREIRO CHEGAR, VAI CHEGAR TAMBÉM O ‘PROGRAMA MÃO AMIGA’

Posted by casciano in Economia, Política | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

A Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Sedec) oferecerão uma nova linha de microcrédito orientado as micro e pequenas empresas potiguares.

Trata-se do Programa Mão Amiga.

Na capacitação dos beneficiados do Programa Mão Amiga, a AGN firmará parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do RN (Sebrae-RN).

A parceria consiste em oferecer aos favorecidos com o Programa Mão Amiga formação em gestão de negócios, com noções gerais de mercado, de finanças e outras habilidades necessárias para a função.

De acordo com o presidente da AGN, João Augusto da Cunha Melo, a capacitação servirá para minimizar a quebra dessas empresas, já que o índice de falência de empresas com menos de dois anos é alto.

Caso o empreendedor necessite, será proporcionada também uma capacitação profissional, que repassará conhecimentos específicos sobre o negócio a ser criado.

O Governo irá incentivar aqueles beneficiados que pagarem as parcelas do financiamento em dia com a diminuição dos juros de 1,5% para 0%.

O candidato ao crédito não precisa ser formalizado, porém se almejar uma renovação do contrato deverá se formalizar.

O financiamento só será concedido aos empreendedores com o cadastro limpo nos serviços de proteção ao crédito, perfil empreendedor e com participação no processo educativo.

Após a concessão, agentes irão acompanhar o desenvolvimento das empresas, fornecendo consultorias.

Nos primeiros seis meses do programa, que irá começar a atuar a partir de fevereiro, a AGN espera beneficiar mil pessoas. O Mão Amiga irá funcionar na Av. Hermes da Fonseca, no prédio que já sediou a Casa Governamental. Para o programa, a Sedec irá investir R$ 1,5 milhão, e a AGN, R$ 2 milhões. Segundo João Augusto, a expectativa é conseguir mais 10 milhões do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Não existe limite de atendidos pelo programa Mão Amiga; enquanto houver empreendedores se cadastrando, a AGN irá fornecer capacitação e crédito.

“Iremos estimular uma demanda reprimida”, disse.

De acordo com o presidente da AGN, existem no estado 148 mil trabalhadores autônomos, dos quais apenas 24 mil são formalizados.

Daí a necessidade de capacitar os empreendedores na gestão de negócios.

O Programa Mão Amiga concederá financiamentos de até R$ 1.500, com a possibilidade de renovação desse crédito.

Os atendimentos irão funcionar nos seguintes pontos:

  • Grande Natal: Central do Empreendedor, Sede da AGN, postos de atendimento, organizações comunitárias, cooperativas e associações.
  • Interior do Estado: Sedes de entidades de classes empresariais, SEBRAE, CDL’s, Centrais do Cidadão, organizações comunitárias, cooperativas e associações

A governadora Rosalba Ciarlini assinou, desde a sexta-feira, 30 de dezembro do ano passado, a Lei que dará suporte ao Programa “Mão Amiga”, projeto que vai apoiar os micro e pequenos empreendedores potiguares no desenvolvimento de suas empresas.

“Essa Lei é fundamental e o programa foi lançado como uma bandeira de campanha”, disse a governadora.

A lei modificada foi criada originalmente para fornecer crédito apenas para a indústria e comércio.

A alteração assinada vai permitir que seja fornecido crédito para todos os setores da economia do Rio Grande do Norte.

“Esse programa será muito importante para a concessão de crédito aos micro e pequenos empreendedores”, reforçou João Augusto.

Texto: Luciano Kleiber e Ana Paula Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *