SEBRAE ENTREGA O SELO TURISMO MELHOR

Posted by casciano in Economia, Turismo | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Doze empresas recebem Selo Turismo Melhor.

Sebrae realiza solenidade neste dia 10, no Versailles Recepções, para outorga do Selo Turismo Melhor, que atesta a qualidade dos serviços prestados por meios de hospedagem e empresas do segmento de alimentos e bebidas.

O Sebrae no Rio Grande do Norte avaliou a qualidade dos serviços prestados pelos meios de hospedagem e estabelecimentos do segmento de alimentos e bebidas do estado.

Doze empresas foram classificadas e, nesta quinta-feira (10), recebem o Selo Turismo Melhor, relativo ao ciclo 2011.

A solenidade de outorga do selo será realizada no Versailles Recepções, às 19h.

Essa certificação faz parte de um programa idealizado pelo Sebrae para elevar a qualidade dos serviços prestados pelas empresas do que atuam no ramo do turismo.

Receberão a comenda o Araçá Praia Flat (Natal), Natal Mar Hotel (Natal), Pousada Casa de Taipa (São Miguel do Gostoso), Pousada Só Alegria (São Miguel do Gostoso), Pousada dos Ponteiros (São Miguel do Gostoso), Pousada dos Amores (Touros), Hotel Thermas (Mossoró), Tenda Restaurante (Mossoró), Hotel Ponta do Madeiro (Tibau do Sul), Porto Suites Natal Hotel (Natal), Pousada Hertz (Pau dos Ferros) e Pousada Chalés dos Ingás (Martins).

Essas duas últimas pousadas recebem o selo na categoria Prata e os demais empreendimentos na categoria Ouro.

A categoria Prata é concedida quando a empresa atende, no mínimo, 70% dos tópicos analisados e todos os itens críticos.

Já a Ouro é fornecida para os estabelecimentos que atingem pelo menos 90% dos itens e todos os pontos críticos.

“O Selo Turismo Melhor é um reconhecimento às empresas do setor que investiram na melhoria da qualidade dos serviços e que estão preocupados com a organização e gestão do negócio”, diz a gestora do programa no Sebrae-RN, Daniela Tinoco.

Para conquistar o selo, as empresas são submetidas voluntariamente a avaliação técnicas e de melhorias em várias áreas, desde a parte operacional, instalações, acessibilidade, sustentabilidade e segurança alimentar até o atendimento.

Ao todo, são 290 itens, dos quais os pontos mais frágeis são trabalhados por uma equipe de consultores credenciados pelo Sebrae, envolvendo consultorias empresariais e treinamentos.

O programa é composto por cinco etapas.

São classificados os estabelecimentos que, ao final, atendem a no mínimo 70% da pontuação exigida, além de contemplar a todos os itens considerados críticos.

Através do programa, as empresas passam medir resultados, são reconhecidas pelo desempenho de sua gestão e qualidade nos produtos e serviços oferecidos, aperfeiçoam processos e controles administrativos e aumentam o nível de desempenho.

Em sete anos, 40 empreendimentos já passaram pelo programa e receberam o selo.

Com Sandra Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *