SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS GRATUITOS PRA POPULAÇÃO DE NÍSIA FLORESTA

Posted by casciano in Comportamento, Economia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Unidade móvel do OdontoSESC chega a Nísia Floresta

A partir deste dia 28 de fevereiro, o município de Nísia Floresta irá receber a unidade móvel de Odontologia do SESC, o OdontoSESC.

O projeto de saúde bucal é uma parceria do SESC RN com o Departamento Nacional da instituição, e tem como objetivo de levar assistência odontológica a lugares onde o SESC não possui clínica, atendendo a comunidade em geral.

Durante quatro meses, a unidade móvel estará em Nísia Floresta, estacionada ao lado da Igreja Matriz, realizando atendimentos de segunda a sexta-feira, na parte curativa (restauração, extração), preventiva, como também desenvolvendo ações em educação em saúde, através de atividades em escolas com alunos e professores.

As consultas, previamente agendadas, terão início no dia 05 de março, atendendo primeiramente as comunidades mais carentes do município.

Em um segundo momento, os agendamentos serão disponibilizados para a população em geral, que deverão levar comprovante de residência e identidade.

Por sua vez, os comerciários deverão ter em mãos a declaração do comércio em que trabalham e os estudantes a declaração do colégio em que estudam.

Os interessados deverão agendar consulta na própria unidade móvel, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h.

Existem 46 unidades móveis espalhadas pelo país.

No RN, a unidade móvel é formada por uma equipe de 10 profissionais do SESC – quatro dentistas, uma educadora de saúde, três auxiliares em saúde bucal, um artífice e uma recepcionista.

Além da unidade móvel, a assistência odontológica do SESC RN inclui três clínicas fixas localizadas em Natal, Mossoró e Macaíba.

Em 2011, a equipe do OdontoSESC realizou 31.426 atendimentos em Natal (Zona Norte), Campo Grande e Parnamirim.

De 2001 até o ano passado, o OdontoSESC visitou 24 municípios norte-rio-grandenses, realizando em igual período 376.779 mil atendimentos, entre a parte curativa e ações educativas.

Texto: Kelly Maia e Lorena Gurgel. Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *