TILÁPIA JÁ FAZ PARTE DA MERENDA ESCOLAR EM APODI, NO RIO GRANDE DO NORTE

Posted by casciano in Economia, Educação | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O pequeno município de Apodi, distante 328 quilômetros de Natal, desenvolverá um projeto pioneiro no Rio Grande do Norte, com vistas a promover melhorias na qualidade da merenda servida na rede municipal de ensino e fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar no município.

Com apoio do Sebrae/RN, através do projeto de Criação de Tilápias em cativeiro, seis escolas municipais terão o filé da tilápia inserido no cardápio da merenda escolar a partir de 1º de agosto.

No primeiro momento de aplicação, mais de 2.300 alunos serão beneficiados com o projeto, desenvolvido junto à Secretaria de Educação do município.

Além do caráter social, o projeto possui um viés econômico.

Os 102 quilos de pescado utilizados mensalmente no preparo de sopas, risotos, lingüiças, almôndegas e até hambúrguer servido às crianças, serão fornecidos pela Associação de Aquicultores de Apodi (AQUAPO), que cria os peixes em gaiolas, na Barragem de Santa Cruz, em Apodi.

O projeto, desenvolvido pelo Sebrae/RN em parceria com o DNOCS, desde 2006, beneficiará um total de 11 aquicultores, que venderão o filé da tilápia diretamente às escolas, a R$ 16,00 o quilo.

Anualmente, a Aquapo produz uma média de 50 toneladas do pescado, em 70 gaiolas instaladas nas águas da barragem.

“Esta iniciativa é muito oportuna, pois além de incentivar o consumo de peixe nas crianças em idade escolar, proporciona o desenvolvimento econômico dos criadores que integram a associação. O Sebrae se sente honrado em ser parceiro em um projeto tão importante”, destaca Renato Gouveia, gestor do Projeto de Piscicultura do Sebrae/RN.

Inicialmente, o projeto de inserção de tilápia na merenda escolar do município atenderá quatro instituições de ensino da zona urbana (Escola Municipal 12 de Outubro, Escola Municipal Professora Lindaura Silva, Escola Municipal Professora Lourdes Mota, e Creche Sonho de Criança), além da Escola Municipal Izabel Aurélia Torres, na Comunidade do Córrego, e a Escola Municipal Francisco Targino da Costa, localizada na Comunidade Soledade.

O secretário municipal de Educação, Izauro Oliveira, afirma que, a intenção da Prefeitura Municipal é ampliar o projeto a todas as unidades educacionais município, num total de 15 escolas.

Os resultados registrados nas seis escolas atendidas a partir de agosto serão determinantes para a aplicação d projeto nas demais instituições de ensino locais.

“Nossa vontade é levar esse projeto a todas as nossas escolas. Assim que surgirem os resultados, vamos ampliando a ação. O projeto é muito interessante, pioneiro, e agradecemos muito a parceria do Sebrae, que desde o início nos procurou e incentivou o desenvolvimento da ação”, pontua.

Ansioso para começar o fornecimento do pescado, seu Aurino Sinfrônio, um dos integrantes da Aquapo, acredita que o projeto será o começo de “algo maior”, lembra o criador de tilápia, que terá um dos filhos beneficiados:

“Esta é uma porta que se abre para nós. E o bom é que nosso produto vai alimentar de modo saudável muitas crianças, e até a minha”, resume.

Antes de chegar às escolas, a tilápia inteira passará por processamento, resultando apenas o filé do peixe.

Todo o processo será realizado em uma mini-unidade de processamento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), localizada em Apodi.

Considerado por especialistas um excelente aliado na prevenção de doenças cardiovasculares, os peixes auxiliam, também, no desenvolvimento e processo de aprendizagem, garante a nutricionista da Secretaria de Educação de Apodi, Tázia Tatiane Marinho:

“Inserir o pescado no cardápio das crianças em fase de desenvolvimento é uma forma de alimentá-las de maneira saudável e auxiliar no processo de aprendizagem. Os peixes, em geral, são fontes de diversas vitaminas que promovem esses benefícios”, afirma.

Além de ser rica em proteínas, a carne de peixe concentra diversas vitaminas, a exemplo da A e da D, sendo que a primeira beneficia diretamente a visão.

As vitaminas do Complexo B também estão presentes nos pescados, assim como diversos minerais.

De acordo com a tabela de índices nutricionais, 100 gramas de carne de peixe contêm o total de proteína animal recomendada para o consumo diário de uma pessoa.

Antes do projeto se tornar uma realidade, o Sebrae/RN, junto à Prefeitura Municipal, capacitou merendeiras da rede municipal de ensino de Apodi.

Responsáveis diretas pela produção do alimento das crianças, as merendeiras receberam orientações relativas a todo o processo de manipulação produto.

Desde a higienização até o processamento do filé da tilápia.

“Preparamos toda a estrutura para que o processo funcione em sua plenitude. Trabalhamos e capacitamos todos os envolvidos. Assim como os criadores da tilápia, também oferecemos capacitação às merendeiras, para que o produto chegue com toda a qualidade às crianças beneficiadas”, informa o analista do Sebrae.

A conclusão das capacitações, que aconteceu em três dias, foi marcada por uma degustação, que contou com a presença de alunos e diretores de 13 escolas do município.

Com Sandra Monteiro.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *